Instituto de Engenharia, Inovação e Tecnologia
Rua da Assembleia, 10 - Sala 106 - Centro - RJ
Tel.: (21) 3543-6427
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Unidade: Centro - Assembleia

 

Atividades Desenvolvidas

Criado em 16 de julho de 2012 pela portaria nº 21/2012, o Instituto de Engenharia, Inovação e Tecnologia (IEIT), tem o objetivo de empreender estudos das questões relativas à área das Engenharias, em seus diferentes aspectos: sejam eles sociais, políticos, tecnológicos e institucionais, e que procura aliar tanto o conhecimento teórico quanto as experiências práticas de quem vivencia o dia a dia do setor tecnológico.

O trabalho desenvolvido pelo Instituto contempla tanto pesquisas eminentemente acadêmica, nos quais se busca a multidisciplinaridade e a interinstitucionalidade, quanto a execução de projetos próprios ou sob contrato focados em aspectos da engenharia tradicional como das inovações tecnológicas deste setor.

As atividades do Instituto de Engenharia, Inovação e Tecnologia estão organizadas em consonância com quatro eixos inter-relacionados:
• Realizar pesquisas e estudos de questões relevantes e inovadoras para o entendimento da engenharia brasileira e de outros países.
• Organizar as pesquisas e os estudos em arquivos e bases de dados de forma a consolidar os conhecimentos adquiridos.
• Divulgar e disseminar os projetos em realização e os resultados dos trabalhos concluídos.
• Estabelecer parcerias institucionais e abrir espaço para pesquisadores associados, a fim de compartilhar experiências e aprofundar o conhecimento sobre o setor.


LINHAS DE PESQUISA

Os Impactos da Inovação Tecnológica Informacional Sobre a Governança e Governabilidade

A atual sofisticação do parque tecnológico computacional aplicado no tratamento às informações exerce papel transformador no desenvolvimento das sociedades.

A ampla facilidade de acesso via recurso das telecomunicações telefonia satélites, cabos, fibras óticas, Internet, etc. o cruzamento das informações contidas nestes sistemas de redes de bancos de dados, acrescida da possibilidade do envio de grandes quantidades de dados com extrema rapidez, destinados a usuários em diferentes redes e distintos pontos geográficos, tornam extremamente rápida a difusão de informações. Processo este que redundou em transformar-se em elemento decisivo, na tomada de posição por aqueles que necessitam planejar e decidir sobre o caminho mais adequado a seguir em sua área de atuação.

O crescimento da demanda por canais de comunicação que agilizem o tráfego de informações entre grupos interessados na comutação de dados é inquestionável na atualidade. Este segmento é propício ao surgimento de grupos públicos e privados, interessados em gerar, organizar, tratar e armazenar informações em bancos de dados, reconhecidos como fontes potenciais para a criação de riquezas e poder. A consequência direta do uso desta tecnologia é a ocorrência de fortes mudanças sociais, bem como na construção de significativos mecanismos de controle, seja no setor político-econômico, seja no setor social.

A adoção desta tecnologia por organismos públicos e privados, no manejo do crescente fluxo de informações organizado e armazenado, em variados locais e com bases de dados com conteúdos distintos entre si, mas passíveis de serem relacionadas entre si, aponta para o surgimento de horizonte preocupante para a sociedade. O poder resultante do conjunto destas informações de sua abrangência suplanta amplamente o conteúdo individual de cada uma delas.

Um provável efeito perverso decorrente da utilização desta tecnologia e emergência de indivíduos e ou grupos que passem a deter em suas mãos os meandros necessários no uso destes dados, bem como o conhecimento mais adequado de acesso e técnicas de como trabalhar esta imensa massa de dados. Podem, portanto, perfeitamente, estabelecerem e exercerem maior controle sobre o fluxo, o uso e o direcionamento da distribuição de informações, criando, o que gera o aparecimento de verdadeiras "ilhas" de controle e poder na sociedade.

As implicações políticas da utilização desta nova tecnologia tendem a se concentrar em duas grandes questões: a exacerbação da centralização ou da descentralização dos padrões de autoridade e o impacto desta tecnologia sobre a vida privada. 


PUBLICAÇÕES

• Textos para Discussão

É publicado pela Universidade Candido Mendes, através do Instituto de Engenharia, Inovação e Tecnologia e tem como objetivo difundir resultados de estudos técnicos e científicos, nas áreas de Engenharia (Civil, Mecânica e Produção) e áreas correlatas, os quais, por sua relevância, levam informações para profissionais especializados e estabelecem um espaço para sugestões, cujo conteúdo não tenha sido publicado em outra revista.

>> TD 01


• Separatas e Artigos em Revistas


• Dissertações e Teses


• Conteúdos das Disciplinas da Graduação


NOTA AOS ALUNOS DA GRADUAÇÃO

Qualquer comunicação dos alunos deve ser enviada para o endereço eletrônico
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 

 



| Voltar |